ATIBAIA – SUA GÊNESE

Soneto em versos alexandrinos

Jerônimo Camargo com Mateus Siqueira

E comitiva de intrépidos bandeirantes

Assentaram-se na encosta da Mantiqueira,

Para fundar uma cidade de gigantes,

Que nasceu pequena, do seu tempo à maneira,

Mas que, por obra dos primeiros habitantes,

Desenvolveu-se altiva, rica e sobranceira,

Estando, hoje, entre as mais belas e pujantes

Estâncias paulistas, na terra brasileira.

Falo de Atibaia e dos mais interessantes

E heróicos fatos que compõem sua bandeira;

Das famílias Alvim e Pires, tão marcantes,

Como os Barreto; dos Camargo, a pioneira,

E outras tantas, também ilustres e importantes!

Dario S. de Oliveira Ribeiro Neto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *